A ATUAÇÃO E O PAPEL DO LÍDER COMUNITÁRIO E DO DELEGADO NO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO: a experiência de Vila Velha/ES

Cristiano das Neves Bodart, Elisangela Lemos de Oliveira

Resumo


O presente artigo tem por objetivo discutir a atuação e o papel dos líderes comunitários e dos delegados do orçamento participativo (OP) no processo de inclusão da comunidade nesse espaço institucionalizado de participação social na gestão pública. Para operacionalização dessa discussão tomou-se por estudo de caso a experiência do OP de Vila Velha/ES. Para a coleta de dados foram utilizados documentos e entrevistas semiestruturadas à diversos atores envolvidos na prática do OP. Identificamos que, diferentemente de outras experiências, no OP de Vila Velha o líder comunitário faz parte de forma oficial do OP, auxiliando os delegados na tarefa de mobilização social nas atividades em torno do orçamento municipal, utilizando-se de diversos canais de comunicação, inclusive as redes sociais.


Palavras-chave


Representantes Comunitários; Delegados; Administração Pública; Orçamento Participativo; Mobilização social.

Referências


AVRITZER, Leonardo. Sociedade civil, espaço público e poder local: uma análise do orçamento participativo em Belo Horizonte e Porto Alegre. In: DAGNINO, Evelina (Org.). Sociedade civil e espaços públicos no Brasil. São Paulo: Paz e Terra. 2002. p.17-46.

______ (Org.); O Orçamento Participativo e a teoria democrática: um balanço crítico. In: AVRITZER, Leonardo; NAVARRO, Zander (Orgs.). A inovação democrática no Brasil. São Paulo: Cortez, 2003. p.13-60

BODART, Cristiano das Neves (org.). Gestão Pública: transparência, controle e participação social. Vila Velha: Faculdade Novo Milênio, 2015.

______. Alocação socioespacial dos recursos públicos por meio do Orçamento Participativo em Serra/ES. (Dissertação de Mestrado) Programa de Pós-Graduação em Planejamento Regional e Gestão de Cidades da Universidade Candido Mendes/Campos, 2009.

______. Orçamento Participativo: Limites, Riscos e Potencialidades. Prelúdios, Salvador, v. 2, n. 2, p. 127-147, jan./jun. 2014.

BRAGA, Maria do Carmo. BRAGA, Silvia Helen Félix. Gestão democrática no Recife: o uso do Orçamento Participativo como parâmetro de análise. Trabalho de graduação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Faculdade de Ciências Humanas–ESUDA, 2005. Disponível em: http://www.humanae.esuda.com.br/index.php/humanae/article/download/57/39. Acesso em: 09 de Set. 2015.

BRUCE, Karin Brandão. Entre os limites da cultura política e o fortalecimento da sociedade civil: o processo do orçamento participativo no município de Cariacica. Dissertação de Mestrado em política social Universidade Federal do Espírito Santo, 2007.

CARLOS, Euzineia. Orçamento Participativo em Vitória/ ES: sob o signo da participação neoliberal. XII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional. Belém, 2007.

CARVALHO, Ana Maria de. O Orçamento Participativo como instrumento de gestão que favorece a efetivação da cidadania em sua plenitude. Trabalho de Conclusão de Curso elaborado como requisito final para a conclusão da especialização do MBA em Gestão Pública, 2008.

CARVALHO, Maria do Carmo. A. A. Participação Social no Brasil hoje. Revista Pólis, 1998. Disponível em:< http://www.dhnet.org.br/w3/fsmrn/fsm2002/participacao_polis.html>. Acesso em: 25 ago.2015.

DOIMO. Ana Maria. Movimento Social Urbano, Igreja e Participação Popular. Petrópolis, Vozes, 1984.

FEDOZZI, Luciano. Por uma nova esfera pública. A experiência do orçamento participativo. Vozes, 2000.

FEDOZZI, Luciano. Cultura política e cidadania entre os delegados do orçamento participativo de Porto Alegre. XXVII Congreso de la Asociación Latinoamericana de Sociología. VIII Jornadas de Sociología de la Universidad de Buenos Aires. Asociación Latinoamericana de Sociología, Buenos Aires, 2009.

FERRI, Mônica Freitas. A disputa entre diferentes projetos no Orçamento Participativo no Município de Vila Velha-ES. Radicalização da democracia ou elitismo democrático? (Dissertação de Mestrado) Programa de Pós-Graduação em Políticas Sociais da Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2009.

HERKENHOFF, Maria Beatriz Lima. O papel do líder comunitário. Vitória, Secretaria de Produção e Difusão Cultura/UFES,1995.

KROHLING, Aloísio. ES Século 21. Poder Político e Sociedade. Vitória. 1987. Disponível em: . Acesso em: 20 de Out. 2015

KROHLING, Beatriz Stella Martins; KROHLING, Aloísio. Experiência de participação popular no Orçamento Municipal de Vila Velha na década de 80: democracia participativa e cooptação política. Anais do Congresso Brasileiro de Sociologia, 2011.

LERBACH, Brena Costa. Liderança e movimentos sociais: Apontamentos sobre a importância da ação do líder, 2012. Revista Simbiótica - Universidade Federal do Espírito Santo - Núcleo de Estudos e Pesquisas Indiciárias. Departamento de Ciências Sociais-ES-Brasil.

MARQUETTI, Aldamir. Experiências de orçamento participativo no Brasil: uma proposta de classificação. In: DAGNINO, Evelina; TATAGIBA, Luciana (Org.). Democracia, sociedade covil e participação. Chapecó: Argos, 2007.p.77-96.

PEREIRA, William Cezar Castilho. Nas trilhas do trabalho comunitário e social: teoria, método e prática, Belo Horizonte: Vozes, 2001.

PINHEIRO, Daniel Rodriguez de Carvalho; BORGES, Ricardo Cesar de Oliveira. A importância da liderança comunitária no processo de desenvolvimento local. Revista GeoUECE - Programa de Pós-Graduação em Geografia da UECE Fortaleza/CE, v. 1, nº 1, p. 78-94, dez. 2012. Disponível em: http://seer.uece.br. Acesso em: 25 de Ago. 2015.

PIRES, Valdemir. Orçamento Participativo: o que é, para que serve, como se faz. São Paulo: Manole, 2001.

PMVV, Prefeitura Municipal de Vila Velha. Orçamento Participativo de Vila Velha, 2014. Mineo.

PONTUAL, Pedro; SILVA, Carla Cecília R. Almeida. Participação popular nos governos petistas: trajetórias, mecanismos e caráter. In: MAGALHÃES, I; BARRETO, L; TREVAS, V. (Orgs.). Governo e cidadania: balanços e reflexões sobre o modo petista de governar. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 1999.

PONTUAL, Pedro de Carvalho. O processo educativo no orçamento participativo: aprendizado dos atores da sociedade civil e do estado. 2000. Tese (Doutorado) - Universidade Católica de São Paulo, 2000. Disponível em: https://brazilianparticipatorybudgeting.files.wordpress.com/2013/05/0optesepedropontualbvop.pdf. Acesso em: 29 Jul. 2015.

SÁNCHEZ, Félix. Orçamento Participativo: teoria e prática. São Paulo: Cortez, 2002.

SILVA, Maria Jocineide. Avanços e resistências no processo de implantação do orçamento participativo: Estudo comparativo das etapas de planejamento e execução orçamentária em Olinda (PE). 2005. 107 f. (Monografia) SESVALI/FAVIP, Caruaru, 2005.

SOUZA, Marcelo L. de. O Orçamento Participativo e sua espacialidade: uma agenda de pesquisa. São Paulo, Terra Livre, 2000.

VARGAS, Paulo Sérgio de Paula & MORANDI, Paulo Roberto. Vila Velha, o poder local e a participação popular na administração municipal. (Monografia) Trabalho de Graduação. Vitória, Universidade Federal do Espírito Santo, Agosto, 1987.

VASCONCELOS, Virginia H.C. Participação popular versus movimentos comunitários: o caso de Vila Velha (ES), de 1983 à 1992. (Dissertação de Mestrado) – Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública, Departamento de Ensino, 1996.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

____________________________________________

A Revista Alabastro agora está indexada no portal e-Revistas, uma "Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas, un proyecto impulsado por el Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), del Ministerio de Economia Y Competitividad, del Gobierno del España, con el fin de contribuir a la difusión y visibilidad de las revistas científicas publicadas en América Latina, Caribe, España y Portugal".

Confira em: http://www.erevistas.csic.es/ficha_revista.php?oai_iden=oai_revista1251

____________________________________________

FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO

Rua General Jardim, 522 - Vila Buarque
São Paulo-SP - CEP: 01223-010
Próximo ao metrô República ou Santa Cecília

Fone: (11) 3123-7800