A influência do contexto político na elaboração de conflitos internos em Morangos Mofados.

Fernanda Gomes Neuhold

Resumo


O presente artigo se propõe a analisar o livro Morangos Mofados de Caio Fernando Abreu através de uma perspectiva histórica que contextualiza os conflitos enfrentados pela população brasileira e procura ligá-los ao período de ditadura militar e redemocratização do Brasil. Para tal, inicialmente é feita uma análise do período que compreende as décadas de 60 e 70, se ressaltando elementos como a contracultura e o Tropicalismo. Objetivando demonstrar como a repressão pode ter afetado a população durante o período de ditadura, são analisados aspectos como torturas e desaparecimentos. Por fim, os contos, personagens e partes do livro são examinados a fim de se aplicar os conhecimentos anteriores à questão dos conflitos internos. Por fim, podemos notar que diversas passagens do livro, inclusive sua divisão em três partes pode ser relacionada ao contexto histórico das décadas de 60 e 70 no Brasil. Se conclui que o autor, ao utilizar elementos como a contracultura e o próprio processo de criação de conflitos entre os personagens, possivelmente foi influenciado por esse contexto.



Palavras-chave


Ditadura Militar. Morangos Mofados. Tortura. Contracultura.

Referências


ABREU, Caio Fernando. Morangos Mofados. Ed. Especial. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016. (Coleção Clássicos para Todos).

AYDOS, Valéria; FIGUEIREDO, César Alessandro S. A construção social das vítimas da ditadura militar e a sua ressignificação política. Interseções: revista de estudos interdisciplinares, Rio de Janeiro, v. 15, n. 2, p. 392-416, dez. 2013. Disponível em: < http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/intersecoes/article/viewFile/9521/7374>. Acesso em: 20 maio 2017.

BORGES, Adriana Cristina; NORDER, Luiz Antônio Cabello. Tortura e Violência por Motivos Políticos no Regime Militar no Brasil. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS, 7., 2008, Londrina, PR. Anais eletrônicos... Londrina: Eduel, 2008. Disponível em: < http://www.uel.br/eventos/sepech/sepech08/arqtxt/resumos-anais/AdrianaCBorges.pdf>. Acesso em: 19 maio 2017.

CHOCIAY, Luciana; MONTEIRO, Claudia. Reflexões sobre Memória e Testemunho a partir do Livro Brasil: Nunca Mais. TEL Tempo, Espaço e Linguagem, Paraná, v. 4, n. 1, p. 84-98, 2013. Disponível em: < http://177.101.17.124/index.php/tel/article/view/4137#.WT1k-2jyvIU>. Acesso em: 19 maio 2017.

DE BARROS, Patrícia Marcondes. A contracultura tropical e a resistência à ditadura militar. Akrópolis-Revista de Ciências Humanas da UNIPAR, Paraná, v. 12, n. 1, 2004. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2017.

HOLLANDA, Heloísa Buarque de; GONÇALVES, Marcos Augusto. Cultura e participação nos anos 60. 5. ed. São Paulo: Brasiliense, 1982.

MAGALHÃES, Marionilde Dias Brepohl de. A lógica da suspeição: sobre os aparelhos repressivos à época da ditadura militar no Brasil. Rev. bras. Hist., São Paulo, v. 17, n. 34, p. 203-220, 1997. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01881997000200011>. Acesso em: 20 maio 2017.

MARTÍN, Alfredo Guillermo. As sequelas psicológicas da tortura. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 25, n. 3, p. 434-449, set 2005. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932005000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 19 maio 2017.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA. Clínicas do Testemunho. Site de acesso à informação do E-gov. Disponível em: < http://www.justica.gov.br/seus-direitos/anistia/clinicas-do-testemunho-1>. Acesso em: 05 jun. 2017.

PEREIRA, Carlos Alberto Messeder. O que é contracultura. 8. Ed. São Paulo: Brasiliense, 1988. (Coleção Primeiros Passos).


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

____________________________________________

A Revista Alabastro agora está indexada no portal e-Revistas, uma "Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas, un proyecto impulsado por el Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), del Ministerio de Economia Y Competitividad, del Gobierno del España, con el fin de contribuir a la difusión y visibilidad de las revistas científicas publicadas en América Latina, Caribe, España y Portugal".

Confira em: http://www.erevistas.csic.es/ficha_revista.php?oai_iden=oai_revista1251

____________________________________________

FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO

Rua General Jardim, 522 - Vila Buarque
São Paulo-SP - CEP: 01223-010
Próximo ao metrô República ou Santa Cecília

Fone: (11) 3123-7800