A formação do professor de Educação Infantil para o empoderamento das crianças negra

Vivian Cristina Santos

Resumo


Desde a mais tenra idade, no momento em que as crianças adentram os muros escolares, dá-se o contato com a cultura escolar, seja por meio das falas das professoras e das músicas cantadas, seja pelas histórias ouvidas ou dos livros folheados com ou sem mediação do adulto. Pois bem, a cultura eurocêntrica, contada a partir da versão dos conquistadores, mesmo no século XXI, ainda é central nas escolas. Isso acontece, muitas vezes, pela falta de formação dos docentes para tratar de assuntos referentes a cultura africana e afro brasileira, suas histórias, seus príncipes e princesas, a luta deste povo e o direito de ser considerado humano. Assim, neste artigo, abordarei a importância da formação de professores para o trabalho pedagógico que permita às crianças o conhecimento de suas origens, da formação do povo brasileiro, de seus heróis e heroínas esquecidos, possibilitando principalmente às meninas e aos meninos negros uma identificação com esta etnia, seus traços, cores, contornos e costumes.


Palavras-chave


Cultura africana e afro-brasileira. Educação Infantil. Formação

Referências


ANDRADE, Inaldete P. Construindo a Auto-Estima da Criança Negra. In: MUNANGA, Kabengele (org). Superando o Racismo na escola. 2ª edição revisada. [Brasília]: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. p. 117-124.

BOURDIEU, Pierre. A escola conservadora: as desigualdades frente à escola e à cultura. In: NOGUEIRA, M.A & CATANI, A (orgs). Escritos da Educação. Petropolis, RJ: Vozes, 1998. p.40-64.

CAVALHEIRO, Eliane S. Introdução. In: BRASIL, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Educação anti-racista: caminhos abertos pela Lei Federal nº 10.639/03. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. p. 11 a 18.

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas; tradução de Renato da Silveira. Salvador: EDUFBA, 2008.

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade: curso no Collège de France (1975-1976) Tradução de Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Tradução de Raquel Ramalhete. Petrópolis, Vozes, 1987.

GUIMARÃES, Antonio Sérgio Alfredo. Raça, cor e outros conceitos analíticos. In: SANSONE, Livio; PINHO, Osmundo Araújo. Raça: novas perspectivas antropológicas. 2 ed. rev. Salvador: Associação Brasileira de Antropologia: EDUFBA, 2008. p. 63-82.

HENRIQUES, Ricardo. Apresentacão. In: BRASIL, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Educação anti-racista: caminhos abertos pela Lei Federal nº 10.639/03. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. p.7-9

LÉVI-STRAUSS, Claude. Raça e História. 1952. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/965742/mod_resource/content/1/Ra%C3%A7a-e-Hist%C3%B3ria-L%C3%A9vi-Strauss.pdf Acesso em: 01 de setembro de 2017.

MANDELA, EMEI Nelson. Blog da escola. Disponível em: . Acesso em: 05 de setembro de 2017.

NASCIMENTO, Sebastião; THOMAZ, Omar Ribeiro. Raça e nação. In: SANSONE, Livio; PINHO, Osmundo Araújo. Raça: novas perspectivas antropológicas. 2 ed. rev. Salvador: Associação Brasileira de Antropologia: EDUFBA, 2008. p. 193-236.

SANTOS, Sales Augusto. A Lei nº 10.639/03 como fruto da luta anti-racista do Movimento Negro In: BRASIL, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Educação anti-racista: caminhos abertos pela Lei Federal nº 10.639/03. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2005. p. 21-37

SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Educação. Diretoria de Orientação Técnica. Orientações curriculares: expectativas de aprendizagens e orientações didáticas para Educação Infantil. Secretaria Municipal de Educação – São Paulo: SME / DOT, 2007.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

____________________________________________

A Revista Alabastro agora está indexada no portal e-Revistas, uma "Plataforma Open Access de Revistas Científicas Electrónicas Españolas y Latinoamericanas, un proyecto impulsado por el Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), del Ministerio de Economia Y Competitividad, del Gobierno del España, con el fin de contribuir a la difusión y visibilidad de las revistas científicas publicadas en América Latina, Caribe, España y Portugal".

Confira em: http://www.erevistas.csic.es/ficha_revista.php?oai_iden=oai_revista1251

____________________________________________

FUNDAÇÃO ESCOLA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA DE SÃO PAULO

Rua General Jardim, 522 - Vila Buarque
São Paulo-SP - CEP: 01223-010
Próximo ao metrô República ou Santa Cecília

Fone: (11) 3123-7800